Quem Somos

Ilú Obá De Min

Em Yorubá Ilú Obá De Min significa “Mãos femininas que tocam tambor para Xangô”.

Sendo “Ilú” = tambor, “Obá” = Xangô/rei e

“De Min” = livre tradução para mãos femininas.

O Ilú Obá De Min – Educação, Cultura e Arte Negra é uma associação paulistana, sem fins lucrativos, que tem como base o trabalho com
as culturas de matriz africana, afro-brasileira e a mulher. Foi fundado pelas percussionistas Beth Beli, Adriana Aragão e Girlei Miranda em novembro de 2004, tornando-se pessoa jurídica em 2006.
O objetivo da associação é preservar e divulgar a cultura negra no Brasil e o fortalecimento das mulheres negras.
O projeto Bloco Afro Ilú Oba De Min é o projeto mais conhecido da instituição por sua bateria formada exclusivamente por mulheres que desde 2005 sai em cortejo pelas ruas de São Paulo reverenciando e enaltecendo a cultura afro-brasileira, além de destacar a participação e protagonismo das mulheres no mundo.
Os cortejos do Bloco são uma grande intervenção cultural que promove a cultura negra, a cultura popular e a participação ativa da mulher na sociedade através da arte. Traz também para região urbana as diversas manifestações da cultura negra, como o maracatu, batuque, coco, jongo, entre outras. Dentre as mulheres homenageadas ao longo dos anos de existência do Bloco destacamos: Rainha Nzinga – rainha de Matamba e Angola que viveu de 1581 a 1663 e representa resistência à ocupação do território africano pelos portugueses, a compositora e cantora Leci Brandão – madrinha do bloco, Raquel Trindade – filha do grande poeta negro Solano Trindade, Nega Duda – sambadeira do recôncavo Baiano, Carolina Maria de Jesus – grande escritora negra que teve seu livro “Quarto de Despejo” traduzido em mais de 30 línguas e a cantora Elza Soares, a mulher do fim do mundo que dispensa maiores apresentações. O Bloco também tem apresentações internacionais no seu currículo tendo se apresentado na Colômbia e Bolívia.
O projeto Bloco Afro Ilú Obá De Min tornou-se referência étnico-cultural e educativa e foi premiado pelo “Prêmio Culturas Populares Mestre Humberto Maracanã 2008” – SID/MINC ao lado de grandes
iniciativas culturais brasileiras conquistou também o Prêmio Governador do Estado para Cultura 2013”.
Durante sua trajetória, se apresentou no Carnaval de Blocos de Rua do Rio de Janeiro e Rio Bonito, Abertura do Carnaval de Santos, Carnaval de Itapecerica da Serra, com frequência faz shows em diversas unidades do Sesc SP e outros espaços culturais como o Theatro Municipal de São Paulo e Auditório Ibirapuera. Participou do Festival Coala, Wow, Festival da Lua Cheia dentre outros importantes festivais do país.
Atualmente o projeto Bloco Afro Ilú Obá De Min é coordenado por sua fundadora Beth Beli, tem direção musical de Beth Beli e Mazé Cintra e conta com o apoio organizacional de 20 coordenadoras.
Contato 

Telefones: (11) 3222-5566 | (11) 97257-9235 |(11) 96072-3721 | (11) 95227-0142 

Emails diretos:

contato@iluobademin.com.br

iluobademin@gmail.com